terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Réveillon - Salmão com pimenta verde

Oi gente, uma sugestão para a ceia do Réveillon, muito fácil de fazer e fica uma delícia!

Saumon au Poivre Vert
(Salmão com pimenta verde)


15 g de manteiga
1 cebola pequena
15 ml de brandy
60 ml de vinho branco
90 ml de fundo de peixe (pode usar fundo de galinha)
125 ml de creme de leite fresco
30g de grãos de pimenta verde, lavados
20ml de óleo vegetal
4 pedaços de filet de salmão (cerca de 200g cada)
sal e pimenta do reino moída na hora
salsinha fresca para decorar

Preparo:
1- Derreta a manteiga em uma caçarola grande em fogo médio. Adicione a cebola e cozinhe por 12 mi-nutos, até amolecer.
2- Adicione o brandy, o vinho branco e o caldo. Reduza o líquido a ¾, mexendo algumas vezes.
3- Abaixe o fogo e adicione o creme de leite e metade das pimentas, amassando-as levemente com as costas de uma concha. Cozinhe o molho por 45 minutos, até engrossar um pouco. Peneire e adicione o restante das pimentas. Mantenha o molho em fogo baixo, enquanto cozinha o salmão.
4- Em uma frigideira grande, aqueça o óleo em fogo médio até ficar bem quente. Tempere o salmão com sal e pimenta a gosto
5- Salteie, Virando somente uma vez durante o processo.
6- Arranje o peixe em pratos quentes e distribua o molho sobre ele. Decore com salsinha e sirva.

Obrigada pela companhia. Espero contar com vocês todas as semanas no próximo ano. Vou testar outras receitas legais.
Feliz Ano Novo! Happy New Year! Bonne année!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Peito de pato sobre mousseline de amêndoas, Figos grelhados e molho ao Porto com especiarias

Ola amigos, espero que suas receitas tenham dado certo essa semana. Muitos comentaram o sucesso que fizeram com os amigos.
Hoje falaremos de um prato sofisticado para a ceia de Natal, a receita é da chef Flavia Quaresma e meus alunos dos ateliers adoraram.

Peito de pato sobre mousseline de amêndoas,
Figos grelhados e molho ao Porto com especiarias


Pato:
4 peitos de pato
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto moída na hora
Preparo:
Aparar o excesso de gordura dos peitos. Fazer cortes na parte da gordura e temperar com sal e pimenta. Esquentar bem uma frigideira antiaderente e selar o peito de pato começando pelo lado da pele. Deixar a pele ficar bem douradinha (aprox. 5 minutos) e virar para selar o outro lado (4 minutos). Retirar do fogo e deixar descansar uns 15 minutos.

Mousseline de amêndoas:
330ml de leite
100g de amêndoas em farinha
300g de batata inglesa descascada
Sal a gosto
Pimenta do reino branca a gosto
Preparo:
Numa panela, colocar as batatas cortadas em cubos, cobrir com água e temperar com sal. Levar ao fogo para pré-cozinhar 10 minutos. Numa outra panela, colocar o leite e as amêndoas. Levar ao fogo para ferver. Abaixar o fogo e deixar reduzir por 5 minutos. Bater tudo no liquidificador e peneirar. Passar o leite de amêndoas peneirado para uma panela e acrescentar os cubos de batata pré-cozidos. Levar ao fogo médio e deixar cozinhar por aproximadamente 12 minutos. Passar tudo no processador de alimentos. Temperar com sal e pimenta do reino branca.

Molho:
380 ml de vinho do Porto
150 ml de vinho tinto
4g de pimenta do reino em grão
4g de canela em pau
4g de zimbro
2g de anis-estrelado
300 ml de fundo de vitela
40g de manteiga (fria em cubinhos)
Sal a gosto
Pimenta do reino branca moída na hora
Preparo:
Numa panela, colocar os vinhos do Porto e tinto com a pimenta em grão, a canela, o zimbro e o anis-estrelado. Levar ao fogo, deixar levantar fervura e abaixar bem o fogo. Deixar reduzir lentamente. Deve reduzir um pouco mais que a metade, até chegar a 200g. Acrescentar a glace de vitela e voltar ao fogo para reduzir lentamente mais uma vez. Deve reduzir mais que a metade mais uma vez, até chegar a 180g. Esquentar muito bem o molho, retirar a panela do fogo e incorporar a manteiga bem fria cortada em cubinhos. Temperar com sal e pimenta moída na hora. Reservar.

Figos grelhados:
4 figos maduros, porém firmes
2 colheres (sopa) de mel de flor de laranjeira
Toque final:
4 galhos de tomilho
4 pain d'épice (pães de especiarias) em lâmina crocante
Flor de sal
Preparo:
Lavar os figos e cortá-los ao meio. Esquentar muito bem uma frigideira antiaderente, pincelar o lado da polpa dos figos com o mel e colocá-los para grelhar na frigideira bem quente. Quando ficarem dourados, retirá-los da frigideira e colocá-los num tabuleiro. Reservar.
Na hora de montar o prato, levar o pato ao forno a 180° C para aquecer, esquentar rapidamente os figos no forno. Fatiar o peito de pato. Colocar na parte centrar, um pouco mais abaixo e à direita de uma prato aquecido, a mousseline de amêndoas. Dispor as fatias do peito de pato sobre ela. Na parte superior e à esquerda do prato, dispor as duas fatias de figo grelhado. Apoiar uma lâmina de pain d'épice crocante num dos figos, decorar com o peito de pato com galho de tomilho e salpicar com flor de sal. Por último, colocar o molho ao redor da mousseline.

Feliz Natal! Merry Christmas! Joyeux Noël!

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Panetone Salgado

Seguindo as receitas natalinas, hoje faremos um panetone salgado, cujo recheio pode ser modificado para bacalhau, frango desfiado ou somente queijos. Seja criativo! Faça o seu!

Panetone Salgado


Massa:
1/2 kg de farinha de trigo
45 g de fermento biológico fresco (3 tabletes)
3 ovos
50 g de margarina
1 colher (sobremesa) de açúcar
2 xícaras (chá) de leite
1 xícara (chá) de leite em pó
1 colher (café) de essência de panetone
1/2 colher(sopa) de sal

Recheio:
100 g presunto picado
100 g queijo provolone picado
50 g tomate seco picado

Preparo:
1- Faça a esponja colocando 1 xícara de farinha do total em uma vasilha junto com o fermento e 1 xícara (chá) de água morna. Misture bem, cubra com um pano e deixe crescer por 30 minutos em temperatura ambiente.
2- Acrescente o restante dos ingredientes, misture bem com as mãos até que fique uma massa homogênea. Deixe fermentar coberta com um pano novamente por 1 hora.
2- Abra a massa, espalhe o recheio, misture a massa de tal modo que o recheio fique envolvido e não só recheado, coloque em uma forma de panetone de 1 kg e deixe crescer por fim até que a massa chegue até a borda da forma.
3- Pincele com um ovo, polvilhe com queijo ralado e leve ao forno quente (180º) por aproximadamente 40 minutos ou até que fique bem dourado. Tire do forno, espere amornar e sirva.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Panetone de brigadeiro

Que tal experimentar outra receita de panetone? É muito fácil de fazer mas se você estiver muito atarefada, compre um panetone de boa marca e faça o recheio e a cobertura com um gostoso brigadeiro de colher.

Panetone de brigadeiro


3 pacotes de fermento biológico seco ou 4 tabletinhos de fermento fresco (60g)
½ xícara de água morna
1 colher de sopa de açúcar e 1 colher(chá) de sal
6 colheres de farinha de trigo
4 ovos grandes
2 xícaras de açúcar
1 xícara de leite morno
125g de manteiga derretida
1 colher (sobremesa) de essência de panetone
120g de frutas secas (frutas cristalizadas, damasco, nozes e outras)
125g de uvas passas
750g aproximadamente de farinha de trigo

Preparo:
1- Em um bowl dissolva o fermento, o açúcar, sal, água morna e farinha. Misture bem e deixe dobrar de volume
2- Bata as claras em neve e misture com o açúcar e as gemas
3- Junte com a mistura do fermento preparada anteriormente, coloque o leite morno, a essência de panetone e a manteiga derretida
4- Deixe descansar por cerca de 30 minutos
5- Acrescente aos poucos a farinha e sove a massa com as mãos, cubra e deixe descansar por 10 minutos (a massa não é muito firme)
6- Abra a massa com um rolo espalhe uma colher (sopa) de manteiga e polvilhe 1/3 das frutas por toda a massa
7- Enrole como rocambole, abra e espalhe 1 colher(sopa) de manteiga e a outra parte das frutas
8- Enrole, abra com o rolo, espalhe novamente 1 colher(sopa) de manteiga e o restante das frutas
9- Enrole e corte em 4 partes, coloque-as em formas e deixe crescer até dobrar de volume
10- Asse em forno pré aquecido a 200ºC e asse por aproximadamente meia hora
11- Corte o panetone em 3 partes (fatias), recheie com brigadeiro mole.
12- Cubra com brigadeiro, chocolate derretido ou outra cobertura que desejar

Dica: Coloque uma bolinha da massa em um copo com água, quando subir a massa esta fermentada no ponto certo.

Receita de brigadeiro:
1 lata de leite condensado
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 colher (sopa) de manteiga

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Madeleines

Oi gente, continuando na linha de lembranças gostosas para o Natal, que tal uma caixinha de Madeleines. Tenho certeza que será um sucesso !

Madeleines



São bolinhos franceses originados na cidade de Commercy, na Lorena, outra versão indica Avice, pâtissier do Príncipe Taillerand como seu criador. Esse delicado bolinho foi celebrado na literatura francesa por Marcel Proust e comentado no famoso livro “Em busca do tempo perdido”. São também muito populares na Espanha onde são chamados de madalenas.

Receita básica:
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de açúcar
1 colher (sopa) de manteiga derretida
½ colher (chá) de essência de baunilha ou 1 colher (sopa) de mel
3 ovos
2 colheres (chá) de fermento Royal
2 colheres (sopa) de avelãs picadas (opcional)
Zests de limão
1 pitada de sal

Preparo:
1. Aqueça o forno a temperatura de 180ºC
2. Bata os ovos com o açúcar até obter uma mistura fofa
3. Junte a manteiga e a essência de baunilha mexendo delicadamente. Adicione a farinha e as zests e misture bem.
4. Com uma colher de chá distribua nas forminhas untadas e enfarinhadas e asse.
Atenção: Não encha as forminhas mais do que ¾ do seu volume. Elas podem transbordar.

Variações:
1º Pode acrescentar 2 colheres de chocolate em pó
2º Acrescentar frutas secas maceradas em rum ou cascas cristalizadas de laranja ou gengibre cristalizado.
3º Fica muito boa, recheada com um creme de queijo mascarpone, chantilly e essência de café, Nutella ou outra essência.

Madeleine de Verdura - Rúcula


100 g de farinha de trigo
2 ovos
3 colheres(café) de fermento químico
Sal e pimenta do reino q/n (quanto necessário)
2 colheres(sopa) de azeite extra virgem
20g de manteiga derretida
2 colheres(sopa) de Gruyère ralado
4 colheres(sopa) de leite

Recheio:
20 g de rúcula, lavada e seca

Preparo:
1- Misture os ingredientes da receita
2- Pique ou processe com um pouco de azeite, as folhas de rúcula
3- Adicione a rúcula à massa e misture bem
4- Deixe descansar na geladeira por 30 minutos
5- Preaqueça o forno à 180°C
6- Coloque a massa em somente ¾ da forminhas untada e enfarinhada
7- Asse até ficar levemente dourada.

Esta receita pode ser variada com recheios de outras verduras, presunto, queijo legumes, camarão e etc.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Bolo de chocolate e nozes

Olá gente, mais um bolo super fácil, de uma amiga e mestra muito querida, que não vejo há muito tempo.
Pode ser feito em uma forma de anel ou em pequenas forminhas, tipo cupcake. É também uma linda lembrança de Natal.

Bolo de chocolate e nozes
profª Regina


3 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
1 xícara de chocolate em pó
1 xícara de óleo de canola ou girassol
2 ovos inteiros
1 xícara de nozes trituradas grosseiramente
2 colheres(chá) de fermento químico
1 pitada de sal
2 xícaras de água fervente

Preparo:
1-Misture tudo levemente.
2-Acrescente 2 xícaras de água fervente.
3-Misture tudo muito bem .
4-Asse em tabuleiro untado e enfarinhado em forno moderado pré aquecido.

Cobertura:
2 xícaras de açúcar
2 colheres(sopa) de manteiga
2 colheres de chocolate em pó
3 colheres de água

Misturar todos os ingredientes e levar ao fogo até derreter
Empregue a seguir sobre o bolo ainda quente na forma

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Bolo de nozes Hermínia

Que bom que estamos iniciando receitas para as festas de fim de ano outra vez. Isto significa que estamos juntos a mais de um ano. Muito obrigada pela atenção! Vale a pena continuar.
O bolo que vou apresentar é muito fácil e delicioso. Pode ser decorado com fitas, enfeites de Natal ou simplesmente com fondant e nozes.
A receita é de uma amiga querida e todos os anos faço para minha família. Pode ser feito em pequenas formas para ser dado como lembrança dentro de uma linda caixinha.

Bolo de nozes Hermínia


2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar mascavo
1 xícara de nozes picadas
1 xícaras de uvas passas
5 ovos
1 ½ colher (sopa) de fermento químico em pó
1 xícara de óleo de canola ou girassol

Preparo:
Misturar todos os ingredientes e assar em forma em forma de anel (com buraco no meio) untada e enfarinhada em forno preaquecido à 180°C, até espetar com um palito e sair seco
Depois de frio, cobrir com fondant e enfeitar com nozes

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Alfajor

Olá, amigos!
Estive com minha família, em Buenos Aires a semana passada e além das comidas fabulosas que os argentinos tem, quis mostrar para vocês o ícone da doçaria portenha - O Alfajor.
É um tipo de bolacha recheada que pode ter os mais variados recheios com ou sem cobertura de chocolate branco, ao leite ou meio amargo.
Imagino que em saquinhos ou caixas decoradas pode ser um lindo presente de Natal!

Alfajor


150g de manteiga
150g de açúcar
2 ovos
100g de chocolate meio amargo
1 colher(chá) de essência de baunilha
4 colheres(sopa) de leite
300g de farinha de trigo
1 colher(chá) de fermento químico em pó

Recheio:
200g de chocolate ao leite
100g de creme de leite

Cobertura:
300g de chocolate meio amargo
50g de manteiga

Preparo:
1- Branquear a manteiga com o açúcar
2- Adicionar os ovos, um a um sempre batendo
3- Derreter as 100g do chocolate meio amargo em banho Maria ou no microondas
4- Incorporar o chocolate derretido, a baunilha, o leite à preparação de manteiga
5- Por último, adicionar a farinha e o fermento e misturar bem
6- Levar à geladeira por 1 hora
7- Abrir a massa em uma mesa enfarinhada e com um cortador ou a boca de um copo, cortar discos de aproximadamente 6 cm de diâmetros
8- Assar em assadeira untada por uns 8 minutos à 180°C, só até que sequem

Recheio:
1- Derreter o chocolate em banho Maria ou no microondas
2- Juntar o creme de leite e mexer bem
3- Colocar em um saco de confeitar e rechear os alfajores

*O recheio pode ser de doce de leite, creme de avelã e outros.

Cobertura:
Derreter o chocolate com a manteiga e banhar os alfajores

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Savarin com frutas

Oi gente, hoje quero mostrar uma receita francesa muito gostosa, bonita, e um pouco trabalhosa, mas vale à pena confirmar.
Este doce foi batizado assim, em homenagem à Jean Anthelme Brillat Savarin, criador de Filosofia do Paladar, 1895 e ainda hoje considerada uma das obras mais importantes da Gastronomia.

Savarin com frutas


Savarin:
250g de farinha
30g de fermento fresco
1 pitada de sal
3 colheres ( sopa) de açúcar
3 ovos
80 ml de leite
75 g de manteiga derretida

Calda:
200 ml de água
100g de açúcar
1 pedaço de canela
Zests de 1 laranja e de ½ limão
4 cravos-da-índia
1 fava de baunilha
1 ramo de hortelã

Frutas frescas variadas cortadas em cubos, geléia de damasco ou laranja

Preparo:

Savarin:
1- Peneire a farinha e junte o fermento, o sal e o açúcar. Misture os ovos e o leite aos poucos, até a massa ficar lisa. Acrescente a manteiga derretida e mexa bem. Deixe a massa dobrar de volume.
2- Coloque-a numa forma com o buraco no centro e asse-a a 170ºC por 40 minutos, até dourar.

Calda:
1- Ferva a água e o açúcar e acrescente as especiarias. Coloque as cascas do limão e da laranja e deixe em infusão por 15 minutos. Embeba o savarin com a calda e pincele-o com a geléia de damasco aquecida. Transfira-o para um prato.
2- Enfeite com creme de chantilly e frutas.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Bolo de Maçã com canela Suraya

Olá, seguindo na mesma linha de bolos fáceis, hoje quero mostrar um bolo de maçã que fica delicioso para acompanhar um gostoso café.
Pessoal da Ásia, estou felicíssima com sua constante presença em meu blog. Muito obrigada.

Bolo de Maçã com canela Suraya


2 maçãs cortadas, com casca
4 ovos
1 xícara (chá) de óleo
Em um recipiente colocar:
2 xícaras (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento químico em pó
2 colheres (chá) de canela em pó
1 pitada de sal

Preparo:
Misturar todos os ingredientes e bater no liquidificador.
Untar e enfarinhar uma assadeira e assar em forno moderado.
Quando estiver pronto, polvilhar com a mistura de açúcar, canela e zests de limão siciliano.
Bon appétit

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Bolo de coco - Laila

Oi gente, vamos fazer um pouco de doce, esta semana. É um bolo muito fácil, aliás, facílimo, é colocar tudo no liquidificador, na assadeira e no forno.
Ele pode ser feito com coco, limão, laranja ou outro suco que desejar.


Bolo de coco - Laila




250 ml de óleo
1 xícara de açúcar cristal
250 ml de leite de coco
2 xícaras de farinha de trigo
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de fermento químico em pó
4 ovos

Preparo:
Bater tudo no liquidificador e assar em forma untada e enfarinhada até ficar dourado.

Fazer uma calda com:
1 xícara de coco ralado
3 colheres (sopa) de leite
2 colheres de açúcar ou mais doce se desejar

Preparo:
1- Misturar todos os ingredientes e levar ao fogo para aquecer, sem levantar fervura.
2- Jogar sobre o bolo ainda quente

Esta calda pode variar conforme o líquido usado na massa.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Tarte Dijonaise

Oi gente, quero agradecer os amigos que acessam meu blog, em especial aos dos Estados Unidos, Portugal e Alemanha, que todas as semanas estão prestigiando minhas postagens, aos meus alunos da Faculdade e aos dos Ateliers de Cozinha Francesa.
Hoje tenho uma receita muito fácil e que foi um sucesso em um evento que fiz ontem.
Tarte Dijonese - Torta de cebolas tomates e mostarda Dijon.

Tarte Dijonaise


Massa:
200 g de farinha de trigo
½ colher (chá) de sal
100 g de manteiga gelada
2 colheres (chá) de água
1 ovo levemente batido (colocar só o necessário)

Preparo:
1- Peneire a farinha e o sal, junte a manteiga e misture com as pontas dos dedos.
2- Junte a água e o ovo batido, suficiente para dar liga
3- Forme uma bola, embrulhe com um plástico e leve à geladeira por 30 minutos

Recheio:
4 cebolas grandes cortadas em anéis
6 tomates fatiados
4 colheres (sopa) de mostarda Dijon
3 fatias de bacon picadas

Preparo:
1- Frite o bacon
2- Na gordura do bacon cozinhe as cebolas e os tomates fatiados até as cebolas ficarem transparentes
3- Estenda a massa em uma forma de torta ou quiche e asse por alguns minutos até dourar
4- Passe a mostarda no fundo da massa e coloque por cima as cebolas e os tomates .
5- Espalhe queijo Gruyère ralado por cima e leve ao forno para gratinar

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Sole en Papillote

Olá amigos, continuando na linha de comidinhas leves, hoje quero mostrar uma receita muito gostosa, fácil e muito chic.

Sole en Papillote – Papilote de linguado


1 cenoura, em julienne
1 abobrinhas, em julienne
1 talos de alho poró, em julienne
½ erva doce, em julienne
2 tomates concassé
4 filés de linguado ou outro peixe branco
20 ml de azeite
60 ml de vinho branco ou caldo de peixe
Sal e pimenta do reino
Moída na hora
30g de estragão
Papel manteiga

Preparo:
1. Pré aqueça o forno a 190°C. Corte 4 pedaços de papel manteiga ou papel laminado, de 45 cm de comprimento, aproximadamente.
2. Dobre cada pedaço ao meio e corte o papel manteiga e forma de coração, o laminado, somente dobre ao meio
3. Disponha ¼ de cada tipo de legume próximo à dobra.
4. Polvilhe-os com sal, pimenta e ervas.
5. Coloque um filet de peixe sobre cada camada de legumes. (Se for muito grande, corte-o ao meio e sobreponha a parte mais grossa de um e a mais fina do outro).
6. Acrescente o restante das ervas, uma pitada de sal, o azeite e o vinho ou caldo por igual sobre o peixe.
7. Dobre a parte de cima dos corações ou do papél laminado, torcendo e formando um pacote bem fechado.
8. Transfira – os para uma assadeira e asse-os por cerca de 10 minutos.
9. Sirva em seguida.

Minha turma do Ateliers Duets, desenvolveu com maestria!




terça-feira, 27 de setembro de 2011

Salada Niçoise

Oi gente, estou apresentando arteliers de cozinha regional francesa no restaurante Duet's - Ribeirão Preto e fizemos como entrada uma salada da região da Provençe. Além de gostosa, bonita e alimenta legal.
À pedido de um amigo, resolvi apresentá-la para ser saboreada nesta primavera tão quente e colorida e cheia de eventos como Rock in Rio.
Como sujestão, antes de ir ver o show, coma uma salada Niçoise com torradas com azeite, alho e orégano e... Bom Appétit

Salada Niçoise



250 g de vagem, branqueadas
1 maço de alface lisa lavada
100g de pimentões, sem sementes cortados em rodelas fina
300 g de batatas médias
300 g de tomates, sem sementes e cortados em quatro
Salsinha picada
1 ovo cozidos
8 azeitonas pretas sem caroços
125 g de atum marinado no óleo
8 filets de anchovas em conserva
50 ml de vinagre
Sal fino, sal grosso e pimenta do reino moída na hora

Preparo:
1. Cozinhe as batatas com casca, com sal grosso. Descasque-as e corte-as em rodelas de 3 mm de espessura.
2. Prepare um vinagrete com pouco sal
3. Cubra o fundo de uma saladeira com alface, coloque os tomates, as vagens e as batatas em cima formando um bouquet.
4. Salpique os pimentões por cima, acrescente o atum em lâminas, se possível.
5. Disponha os ovos e as anchovas delicadamente.
Esta salada é sempre servida como entrada. Os ingredientes dependem da estação do ano, mas ovos duros, filets de anchovas, azeitona pretas, tomates e alho no molho são elementos constantes.

Vinagrete:
1 parte de vinagre para 3 partes de azeite
1 colher (sopa) de mostarda, sal e pimenta a gosto.

Preparo:
Em um bowl bata o vinagre o sal a pimenta e a mostarda.
Acrescente o azeite em fio até ficar levemente espesso.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Pastéis de Nata

Oi gente! Hoje vamos dar uma volta em Lisboa e provar um delicioso Pastel de Nata ou Pastel de Belém. Aprendi esta receita em uma viagem que fiz à Portugal e meus alunos a tem repetido com muito sucesso. Vale a pena fazê-la é fácil e muito gostosa.

Pastéis de Nata


300g de massa folhada laminada congelada
250 ml de água
500g de açúcar
500 ml de leite
75g de farinha de trigo
1 pitada de sal
1 ovo
6 gemas
Essência de baunilha a gosto

Preparo:
1. Pincele as bordas com água e enrole a massa folhada
2. Corte fatias do rolo e forre forminhas de empadas com cada uma delas, pressionando com o dedo molhado e reserve-as em um tabuleiro de assar à 180º.C

Recheio:
1. Ferva a água e o açúcar durante 1 minuto
2. Acrescente 400 ml do leite e, no restante, dissolva a farinha e o sal.
3. Misture tudo e leve ao fogo brando até engrossar. Junte a calda e deixe amornar.
4. Acrescente o ovo e as gemas sem pele, batidos e aromatizados com a baunilha.
5. Preencha as formas com o preparo e leve ao forno por 20 minutos. Desenforme-os ainda mornos.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Merengue Tropical

Amigos, nossa viagem à França terminou este ano, mas continuaremos com deliciosas receitas francesas. Em Auvers-sur-Oise fui visitar a casa de Van Gogh e em uma pequena confeitaria descobri esse doce. Tive de levá-lo à Paris, pois eles não tinham uma colher para eu comer, vocês imaginam como chegou... valeu, é uma delícia e pode ser feito em porções individuais ou em uma grande taça. Experimentem vocês vão gostar!

Merengue Tropical


15g de açúcar
200g de creme pâtissière
1 manga madura
1 kiwi
1 abacaxi pequeno
4 maracujás
½ fava de baunilha
90g de merengue francês.
Crème Pâtissièr (confeiteiro)

175 ml de leite
½ fava de baunilha ou 1 colher de chá de essência de baunilha
15g de maisena
40g de açúcar
2 gemas peneiradas
18g de manteiga a temperatura ambiente.

Preparo:
1. Coloque em uma panela de fundo grosso o leite, metade do açúcar e a baunilha aberta com grãos raspados ( se usar essência, só acrescente no fim do preparo da receita para não evaporar) deixe levantar fervura mexendo sempre.
2. Numa tigela grande, bata as gemas por 3 minutos com o restante do açúcar e a maisena
3. Regue com um pouco do leite, sempre batendo.
4. Coloque a mistura novamente na panela e deixe cozinhar sem parar de bater.
5. Quando ferver, retire do fogo.
6. Quando o creme estiver morno (50ºC), retire a fava de baunilha e incorpore a manteiga batendo fortemente.

Montagem:
1. Coloque para gelar o creme pâtissière
2. Descasque as frutas e corte-as em pedaços.
3. Abra os maracujás e retire a polpa e adicione à vasilha com as frutas, o açúcar e mistura bem.
4. Adicione o creme patissière e continue a mexer.
5. Prepare o merengue e coloque em um saco de confeitar de bico liso.
6. Pré-aqueça o forno a 250ºC
7. Distribua as frutas em ramequins e faça pequenos suspiros em toda a superfície e salpique amêndoas fatiadas.
8. Leve ao forno por 8 a 10 minutos até dourar e sirva em seguida.

Merengue Francês:
Receita Básica:
115g de açúcar
2 claras
1 pitada de sal

Preparo:
1. Bater a clara em velocidade baixa. Acrescentando a metade do açúcar.
2. Aumentar a velocidade e juntar o resto do açúcar.
3. Bater um pouco mais para que o merengue tome corpo.
4. O merengue estará no ponto quando formar um bico no batedor de arame.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Religeuse


Continuando Paris... Vamos à Angélina Salons de Thé 226, rue de Rivoli, 75001
Há muitas Angélinas em Paris, em quase todos os museus e lojas importantes encontramos uma, mas a da rue Rivoli, perto do museu do Louvre, ao lado do jardim das Tuileries é célebre por sua decoração de 1900. Os doces são lindos e muito bons e o chocolate quente é incrível.
Dos muitos doces que provei e ... engordei, vou passar a receita do Religieuse. É também uma patê choux, mas agora montada com dois recheios e um glacê delicioso



Religeuse
Patê chox:
200g de leite integral
200 ml de água
5 g de sal
5 g de açúcar refinado
180 g de manteiga sem sal
220 g de farinha de trigo
400 g de ovos

Preparo:
1- Ferva a água, o leite, a manteiga, o sal e o açúcar]
2- Peneire a farinha e bata ligeiramente os ovos
3- Fora do fogo junte os líquidos ferventes à farinha
4- Misture bem e volte ao fogo até formar uma bola e desprender da panela
5- Passe a massa para um bowl e incorpore os ovos aos poucos até atingir uma temperatura entre 22/24°C aproximadamente
6- Utilize essa massa para preparar éclairs

7- Faça 2 carolinas, uma maior e outra menor, usando o saco de confeitar
8- Asse em forno preaquecido a 160° até ficarem dourados.
9- Recheie com creme de confeiteiro a maior e acrescente 1 colher de café solúvel no creme de confeiteiro e recheie a menor
10- Cubra com fondant, que pode ser colorido
11- Enfeite com creme de chantilly como mostra a foto.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Éclair de Chocolate

Olá amigos, esta semana estamos passeando na Champs Elysées, visitando a confeitaria Ladurée, que já existia em outro endereço, desde 1862.
O lugar é lindo e muito chic, os doces são deliciosos mas também muito caros (mas vale a pena). Ladurrée - Salons de Thé 75, avenue dês Champs Élysée 75008
Comprei alguns para experimentar e escolhi o éclair para dar a receita pois havia feito na Lenôtre. Ele é chamado de bomba aqui no Brasil e pode ser recheado com creme de confeiteiro, creme de café, ou chocolate.

Éclair de Chocolate



Patê choux
200g de leite integral
200 ml de água
5 g de sal
5 g de açúcar refinado
180 g de manteiga sem sal
220 g de farinha de trigo
400 g de ovos

Preparo:
1- Ferva a água, o leite, a manteiga, o sal e o açúcar
2- Peneire a farinha e bata ligeiramente os ovos
3- Fora do fogo junte os líquidos ferventes à farinha
4- Misture bem e volte ao fogo até formar uma bola e desprender da panela
5- Passe a massa para um bowl e incorpore os ovos aos poucos até atingir uma temperatura entre 22/24°C aproximadamente
6- Utilize essa massa para preparar éclairs
7- Faça os éclairs usando o saco de confeitar
8- Asse em forno preaquecido a 160° até ficarem dourados.
9- Recheie com creme de confeiteiro
10- Derreta chocolate meio amargo e cubra cada éclair




terça-feira, 23 de agosto de 2011

Salada Monet

Oi gente, hoje a viagem foi à Giverny na região da Normandia, na casa de Monet.
O lugar é lindo, a casa de Monet tem uma cozinha de contos de fada mas o jardim é maravilhoso. Imaginar Monet pintando naquele lugar parece um sonho.
Almoçamos no restaurante do Museu Americano (ao lado da casa de Monet), chic, agradável e uma comida ótima e... incrível não foi caro. Comemos uma salada Monet e um steak com fritas, molho de queijo e salada verde mas a salada Monet é imbatível além de linda.

Salada Monet


Mix de verduras: alface, rúcula e radichio
1 tomate em fatias
½ pimentão amarelo sem pele em fatias
Flores comestíveis
Lâminas de queijo Gruyère e brie
Molho de queijo cremoso, creme de leite, mostarda Dijon, sal, pimenta do reino e ervas.







terça-feira, 16 de agosto de 2011

Pâte à Brioche

Continuando a viagem à Paris gastronômico, estive nas Ècoles Lenôtre e Cordon Bleu, onde realizei alguns cursos muito interessantes.

A Lenôtre fica na 10 Avenue des Champs Elysées, 75008 Paris

A Cordon Bleu fica na 8 Rue Leon Delhomme, 7015 Paris.

Vale à pena conferir! Escolhi uma receita de Brioche que aprendi na Lenôtre para apresentar a vocês hoje:

Pâte à Brioche


50 ml de água
20g de fermento biológico
300g de ovos
10g de sal
40g de açúcar refinado
500g de farinha de trigo
350g de manteiga

Preparo:
1- Misturar o fermento e a águas
2- Adicionar a farinha, os ovos, o sal, e o açúcar e sovar até que a massa se solte da superfície usada, cerca de 12 a 15 minutos.
3- Aos poucos, sempre sovando, acrescentar a manteiga gelada (14°C aproximadamente)
4- Deixar descansar até dobrar de volume
5- Levar a massa à geladeira por 1 hora aproximadamente
6- Modelar as brioches, pincelar com ovo e assar em forno médio


terça-feira, 9 de agosto de 2011

Chouquette

Olá amigos,
Dando continuidade à viagem gastronômica à Paris, quero lhes mostrar uma receita tradicional das padarias, que representa para muitos, uma das gostosuras do café da manhã parisiense, embora, eles sejam monásticos no café da manhã.
Esta receita aprendi na École Lenôtre em uma das aulas que fiz lá. O nome é “Chouquette”


Chouquette


200g de leite integral
200 ml de água
5 g de sal
5 g de açúcar refinado
180 g de manteiga sem sal
220 g de farinha de trigo
400 g de ovos
Para decorar: açúcar em grãos

Preparo:
1- Ferva a água, o leite, a manteiga, o sal e o açúcar
2- Peneire a farinha e bata ligeiramente os ovos
3- Fora do fogo junte os líquidos ferventes à farinha
4- Misture bem e volte ao fogo até formar uma bola e desprender da panela
5- Passe a massa para um bowl e incorpore os ovos aos poucos até atingir uma temperatura entre 22/24°C aproximadamente
6- Utilize essa massa para preparar éclairs ou choquettes
7- Faça pequenas bolas usando o saco de confeitar e polvilhe por cima açúcar em grãos
8- Asse em forno preaquecido a 160° até ficarem dourados.


quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Paris

Olá amigos! Estive em Paris com minha filha Carolina. Lá tudo continua sempre uma festa!
Fiz lindos passeios e visitei centros gastronômicos muito importantes. Fiz um curso na École Lenotre e na École Ritz Scoffier. Depois contarei para vocês como foi, e darei algumas receitas maravilhosas!!!
Depois de caminhar muito, sentamos em um café muito charmoso e comemos um Pain aux raisins e um Chanson au pomme: pão de uvas passas e pastel de maçã.
Para meus alunos de confeitaria, isso será dado em aula e depois postarei no blog, mas vejam as fotos!


O lugar chama-se Pomme de Pain e fica no Boulevar de Montparnasse esquina com a rue de Monparnasse. Vale a pena conferir, pois é barato, agradável e a comida é ótima.




terça-feira, 28 de junho de 2011

Bolo Flor de Minas

Olá amigos, dando continuidade às Festas Juninas, hoje apresentarei um bolo de fubá cremoso, delicioso. A receita me foi ensinada por uma senhora maravilhosa - dona Dejanira que viveu até perto dos 100 anos, uma vida lúcida, sábia e feliz.
Faço sempre este bolo nas festas juninas e as vezes, para tomar café com amigos. É sempre um sucesso, todos adoram e é muito fácil.

Bolo Flor de Minas



4 ovos
1 colher (sopa) de manteiga
2 xícaras de açúcar
4 xícaras de leite
4 colheres(sopa) de queijo Minas ralado
1 ½ xícara de fubá
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento químico

Preparo:
Bater tudo no liquidificador
A massa é bem mole
Assar em um pirex retangular média em forno pré aquecido 180º.C
O forno deve estar bem quente para que o creme fique separado portanto acenda o forno antes de separar os ingredientes.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Cupcake de Fubá - Bolinho de Santo Antônio

Ola amigos! Continuando com o clima junino, hoje quero apresentar outra receita para comemorar Santo Antônio. É uma brincadeira que causa muita gritaria e aplausos. Coloquei em cada cupcake um presente do Santo. Em vários foram moedas (previamente fervidas e embrulhadas em papel chumbo para bombons) elas significam que a pessoa vai ganhar muito dinheiro esse ano. Em um só, um coração também embrulhado no papel chumbo, a pessoa ficará noiva e por último uma aliança de casamento. Imaginem a farra que foi pois a maioria de minhas amigas são viúvas!

Cupcake de Fubá - Bolinho de Santo Antônio


Pão de Ló de fubá:
4 ovos
1 ½ xícara de fubá
2 xícaras de açúcar
1 ½ xícara de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento químico em pó
1 pitada de sal
1 xícara de óleo de canola ou girassol
1 xícara de leite fervente

Preparo:
1- Bata na batedeira os ovos e o açúcar até dobrar de volume
2- Acrescente aos poucos, a esta mistura, sem bater, os ingredientes secos, o leite e o óleo
3- Depois de bem misturados coloque em forminhas de papel, que devem estar dentro de forminhas de alumínio ou silicone como suporte e leve para assar
4- Depois de frios corte uma tampinha (como já foi mostrado em receitas anteriores) coloque um pouquinho de goiabada derretida, a surpresa embrulhada e tampe
5- Prepare um merengue italiano com goiabada e com um saco de confeitar, faça uma grande pitanga em cada um. Enfeite com uma pequena flor de goiabada que foi cortada com um cortador de biscoitos.
Fica uma delícia!

Merengue italiano com goiabada:
100 ml calda de goiabada derretida
1 xícara de água
1 xícara de glucose ou mel Karo
4 claras

Preparo:
1- Fazer uma calda em ponto de fio com os três primeiros ingredientes
2- Bater as claras em neve e acrescentar lentamente a calda quente
3- Continuar batendo até dar o ponto desejado para trabalhar com o saco de confeitar.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Brigadeiro de milho verde


Oi gente! Este mês vamos postar algumas receitas que fazem parte do cardápio das festas juninas. Ontem fiz uma festa para minhas amigas e entre toda a comilança, separei esta receita para vocês hoje, pois é muito fácil e gostosa.

Brigadeiro de milho verde.


1 lata de milho verde (de preferência da Casino, pois é mais doce)
1 lata de leite condensado
1 colher de manteiga
100 ml de creme de leite uht.

Preparo:
Bata o milho verde no liquidificador (depois de bater, eu prefiro passar na peneira)
Levar tudo ao fogo, mexendo sempre, até aparecer o fundo da panela.
Coloque em um prato untado, deixe esfriar.
Faça bolinhas e passe no açúcar demerara.




terça-feira, 7 de junho de 2011

"Cocada da Vovó" e "Crostoli" - Concurso de Receitas de Família

Oi amigos. Hoje vamos apresentar as ultimas 2 alunas classificadas no Concurso “Receitas de Família” Jéssica Ancheschi Bonifácio e Caroline Segatto Rodrigues.


Jéssica apresentou uma cocada deliciosa e muito fácil de fazer.
Esta receita foi ensinada por sua avó que a recebeu de uma amiga. Hoje em dia, a receita é disputada pelos filhos, netos e bisnetos de sua avó.


Cocada da Vovó


1 kg de açúcar refinado
1 lata de leite condensado
200 g de coco ralado
1 colher(sopa) de manteiga

Preparo:
1 - Junte todos os ingredientes e leve ao fogo, a partir do inicio da fervura conte 20 minutos e desligue o fogo
2 - Em uma superfície untada despeje a preparação, alise com uma espátula e deixe amornar. Unte uma faca ou um cortador de biscoitos e corte em pequenas porções.


Crostoli



A receita da Carol também foi ensinada pela bisavó italiana à sua avó e era a alegria das tardes de domingo.



1 kg de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga
8 ovos
1 colher(chá) de fermento em pó
1 cálice de pinga
1 pitada de sal
Óleo para fritar
Canela e açúcar para polvilhar

Preparo:
1 - Misture todos os ingredientes, reservando um pouco de farinha. Sove bem usando a farinha restante para polvilhar a massa
2 - Deixe descansar por 10 minutos
3 - Abra a massa com um rolo, corte em tiras de 3 cm de largura
4 - Faça um corte no centro e passe uma ponta por dentro do corte
5 - Frite em óleo quente, escorra e polvilhe com açúcar e canela

terça-feira, 31 de maio de 2011

Doce de mamão com cocada - Concurso de Receitas de Família

Olá amigos! Vamos continuar com a premiação do Concurso "Receitas de Família" que promovi entre os alunos do 3º semestre de Gastronomia.

O 2º lugar foi compartilhado entre duas alunas: Silvava e Marineide. Hoje apresentarei a receita de Marineide.

Esta receita foi passada pela bisavó até a mãe de Marineide. Elas nasceram e foram criadas em uma fazenda localizada no norte de Minas Gerais, na cidade de Bom Jesus do Prata, perto de Governador Valadares. A fazenda produzia um pouco de tudo e tinha um vasto pomar onde era possível colher muitos tipos de frutas e com elas faziam muitas compotas, bolos e outras delícias, sempre feitas em fogão à lenha e em tachos de cobre. Essas “quitandas” eram armazenadas em uma dispensa que mais parecia uma confeitaria!

DOCE DE MAMÃO COM COCADA


3 mamões quase maduros
120 g de bicarbonato de sódio
Água para cobrir os mamões
Açúcar equivalente ao peso dos mamões.

Preparo:

1º dia

1- Descascar e tirar a tampinha onde fica o talo para retirar todas as sementes
2- Deixar de molho os mamões e suas respectivas tampinhas em água com o bicarbonato por 20 minutos
3- Enxaguar bem e colocá-los em água fervente por 15 minutos
4- Fazer uma calda com o açúcar e assim que começar a ferver, colocar os mamões sempre acompanhados de suas tampas e deixar ferver durante 15 minutos e desligue (a calda deve cobrir totalmente a preparação)

2º dia
Coloque novamente para ferver 15 minutos e desligue.

3º dia
Ferva novamente por 15 minutos recheie com a cocada tampe com a tampinha e leve para gelar.
Para servir é só fatiar!

Cocada

1 kg de coco ralado
2 latas de leite condensado

Preparo:
Levar ao fogo e logo que desgrudar da panela, desligar.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Patitíssa - Concurso de Receitas de Família

O 2º lugar foi da aluna Silvana da Costa Siqueira. Vamos conhecer a história e a receita:

Ela conta que a receita foi trazida pela bisavó materna, Adélia Finni Varallo, natural de Felônica, província de Mântua - Itália e chegou ao Brasil em 15 de fevereiro de 1897. Era casada com Domênico Varallo, natural da província de Basilicata e mãe de 8 filhos. Esta receita era executada sempre na Páscoa, Natal e Ano Novo para ser servida no café da manhã, onde se reuniam toda a família. Sua mãe deu continuidade a essa tradição até 1996.
Esse trabalho a fez regressar no tempo e recordar de dias felizes e deu a oportunidade de fazer esta receita para sua família.

Tem gosto de “Infância e de Mãe” e é deliciosa!


Patitíssa



1 kg de farinha de trigo
1 ½ colher (sopa) de fermento biológico
1 ½ xícara de leite
1 ½ colher (sopa) de manteiga gelada (a receita original é com banha de porco)
4 ovos
12 colheres (sopa) de açúcar
1 xícara de chá de canela bem forte

Recheio:
1 kg de nozes moídas
2 xícara de açúcar
½ xícara de leite
1 cálice de vinho do Porto
4 gemas peneiradas
1 colher (chá) de canela em pó
Levar ao fogo mexendo até engrossar

Faça a esponja com o fermento, acrescente o açúcar, os ovos, a manteiga, o leite, o chá de canela e a farinha até dar soltar das mãos. Sove bem e deixe crescer até dobrar de volume
Corte a massa em partes, abra com o rolo e coque o recheio frio, salpique as passas embebidas em conhaque ou licor. Enrole como rocambole e deixe crescer novamente. Pincele com gema misturada com café e asse em forno médio.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Pavê de abacaxi - Concurso de Receitas de Família

Ola amigos!
Realizei um concurso de Receitas de Família, com os alunos do 3º semestre de gastronomia. Os trabalhos premiados serão apresentados a partir desta semana.

O 1º lugar foi do aluno Julio Kendi Teles Ogawa. Vamos conhecer a história e a receita:

Na família dele sempre foi tradição cozinhar, principalmente na área da confeitaria, filho de confeiteira teve a oportunidade de estar em contato direto com esta arte, na qual virou sua profissão levando-o a pensar em futuramente reabrir a confeitaria que a mãe fundou, dando continuidade ao trabalho maravilhoso dela.
Essa sobremesa foi muito especial para a família dele e por muitos anos foi uma das melhores que sua mãe já preparou, no entanto, nunca foi comercializada em seu estabelecimento, se tratando de uma tradição familiar sem fins lucrativos, simples, suave e refrescante.

Pavê de abacaxi


Massa:
6 ovos
300g farinha
600g de açúcar
1 xícara de leite
Uma colher de chá de fermento em pó

Preparo:
Bata os ovos com o açúcar até ficar uma espuma clarinha e fofa, acrescente a farinha, fermento e o leite aos poucos em velocidade baixa da batedeira, ou misture a mão. Despeje a massa em uma assadeira untada do formato de sua preferência até que a massa fique com no máximo 2,5 cm de espessura e asse por 40 minutos a 150° C.

Recheio:
400g de chocolate branco
1 lata de creme de leite
2 xícaras de doce de abacaxi em calda
1 litro de creme confeiteiro
Hastes de limão e laranja
400 ml de chantilly

Preparo:
Faça um ganache branco com o chocolate e verifique o ponto, se necessário adicione mais creme de leite para que não fique duro, acrescente o abacaxi e reserve.
Prepare o creme de confeiteiro e adicione as hastes de limão e laranja, deixe esfriar e reserve.
Bata o chantilly até ficar macio sem deixar uma consistência muito dura.

Montagem:
Em um refratário coloque a base da massa e regue com uma calda de leite, leite conden
sado e
licor de abacaxi, em seguida aplique o ganache branco de abacaxi espalhando em camada por igual na forma.
Com o creme de confeiteiro frio bata ele um pouco com fuê ou na batedeira e espalhe por cima no ganache.
Use o chantilly para decorar ao seu gosto no final, deixe gelar em torno de 4 horas e sirva com sorvete de creme.

Obs.: Outra maneira que ele apresentou foi em verrines.

Quero parabenizar os vencedores, pelo empenho e pelas lindas receitas apresentadas.


terça-feira, 10 de maio de 2011

Macaron Framboise

Macaron é um tipo de merengue sofisticado muito apreciado em quase todo o mundo.
Em Paris provei deliciosos macarons e até apresentei uma aula sobre este ícone francês no Institut Catholique, mas o melhor macaron que aprendi a fazer foi na École Lenôtre.
Hoje quero apresentar à vocês esta receita da Lenôtre. Tentem fazer e vocês vão adorar.

Macaron Framboise


100 g de açúcar de confeiteiro
100 g de farinha de amêndoa
100 g de açúcar refinado
30 gotas de corante alimentício vermelho
2 x 50 g de claras
50 ml de água

Crème au beurre framboise:

75 ml de leite
30 g de açúcar refinado
60 g de gemas peneiradas
30 g de açúcar refinado
200 g de manteiga
1 fava de baunilha
120 g de geléia de framboesas ou o mesmo peso da fruta fresca

Preparo:
1. Misturar bem o açúcar de confeiteiro e a farinha de amêndoa e peneirar em uma peneira de trama grossa. Reservar (esta mistura chama-se tant pour tant)
2. Bater levemente 40g de claras em neve
3. Em uma panela, misturar a água e o açúcar refinado e sem mexer, deixar atingir a temperatura de 110°C
4. Despejar em fio sobre as claras em neve e continuar batendo até esfriar o merengue (merengue italiano)
5. Misturar o “tant pour tant” e as 40g de claras restantes até formar uma pasta homogênea de amêndoa. Ajuntar o corante e mexer bem.
6. Com a ajuda de uma espátula incorporar o merengue à pasta de amêndoa aos poucos mexendo até a mistura ficar brilhante
7. Colocar a pasta em um saco de confeitar com bico perlê grande
8. Fazer pequenas bolas espaçadas em uma forma com papel manteiga
9. Deixar secar por 30 minutos em temperatura ambiente
10. Assar em forno preaquecido à 150°C por aproximadamente 13 minutos
Obs.: A temperatura do forno é o sucesso da preparação, mantenha 150° C.
11. Ao sair do forno, pulverizar água por baixo do papel para que os macarons se soltem facilmente.

Recheio:
1. Misturar as gemas com 30g do açúcar até ficarem cremosas
2. Ferver o leite com a baunilha e o açúcar
3. Deixar cozinhar em fogo baixo até engrossar um pouco. Deixar esfriar completamente
4. Resfriar o bowl da batedeira à 30°C e incorporar a manteiga em pomada
5. Misturar o creme com as framboesas ou a geléia e com ajuda de um saco de confeitar, rechear os macarons

Dica: Se quiser fazer de chocolate, acrescente 25 g de chocolate em pó no açúcar de confeiteiro e recheie com ganache

Postagens populares

Translate