terça-feira, 29 de novembro de 2011

Madeleines

Oi gente, continuando na linha de lembranças gostosas para o Natal, que tal uma caixinha de Madeleines. Tenho certeza que será um sucesso !

Madeleines



São bolinhos franceses originados na cidade de Commercy, na Lorena, outra versão indica Avice, pâtissier do Príncipe Taillerand como seu criador. Esse delicado bolinho foi celebrado na literatura francesa por Marcel Proust e comentado no famoso livro “Em busca do tempo perdido”. São também muito populares na Espanha onde são chamados de madalenas.

Receita básica:
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de açúcar
1 colher (sopa) de manteiga derretida
½ colher (chá) de essência de baunilha ou 1 colher (sopa) de mel
3 ovos
2 colheres (chá) de fermento Royal
2 colheres (sopa) de avelãs picadas (opcional)
Zests de limão
1 pitada de sal

Preparo:
1. Aqueça o forno a temperatura de 180ºC
2. Bata os ovos com o açúcar até obter uma mistura fofa
3. Junte a manteiga e a essência de baunilha mexendo delicadamente. Adicione a farinha e as zests e misture bem.
4. Com uma colher de chá distribua nas forminhas untadas e enfarinhadas e asse.
Atenção: Não encha as forminhas mais do que ¾ do seu volume. Elas podem transbordar.

Variações:
1º Pode acrescentar 2 colheres de chocolate em pó
2º Acrescentar frutas secas maceradas em rum ou cascas cristalizadas de laranja ou gengibre cristalizado.
3º Fica muito boa, recheada com um creme de queijo mascarpone, chantilly e essência de café, Nutella ou outra essência.

Madeleine de Verdura - Rúcula


100 g de farinha de trigo
2 ovos
3 colheres(café) de fermento químico
Sal e pimenta do reino q/n (quanto necessário)
2 colheres(sopa) de azeite extra virgem
20g de manteiga derretida
2 colheres(sopa) de Gruyère ralado
4 colheres(sopa) de leite

Recheio:
20 g de rúcula, lavada e seca

Preparo:
1- Misture os ingredientes da receita
2- Pique ou processe com um pouco de azeite, as folhas de rúcula
3- Adicione a rúcula à massa e misture bem
4- Deixe descansar na geladeira por 30 minutos
5- Preaqueça o forno à 180°C
6- Coloque a massa em somente ¾ da forminhas untada e enfarinhada
7- Asse até ficar levemente dourada.

Esta receita pode ser variada com recheios de outras verduras, presunto, queijo legumes, camarão e etc.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Bolo de chocolate e nozes

Olá gente, mais um bolo super fácil, de uma amiga e mestra muito querida, que não vejo há muito tempo.
Pode ser feito em uma forma de anel ou em pequenas forminhas, tipo cupcake. É também uma linda lembrança de Natal.

Bolo de chocolate e nozes
profª Regina


3 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
1 xícara de chocolate em pó
1 xícara de óleo de canola ou girassol
2 ovos inteiros
1 xícara de nozes trituradas grosseiramente
2 colheres(chá) de fermento químico
1 pitada de sal
2 xícaras de água fervente

Preparo:
1-Misture tudo levemente.
2-Acrescente 2 xícaras de água fervente.
3-Misture tudo muito bem .
4-Asse em tabuleiro untado e enfarinhado em forno moderado pré aquecido.

Cobertura:
2 xícaras de açúcar
2 colheres(sopa) de manteiga
2 colheres de chocolate em pó
3 colheres de água

Misturar todos os ingredientes e levar ao fogo até derreter
Empregue a seguir sobre o bolo ainda quente na forma

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Bolo de nozes Hermínia

Que bom que estamos iniciando receitas para as festas de fim de ano outra vez. Isto significa que estamos juntos a mais de um ano. Muito obrigada pela atenção! Vale a pena continuar.
O bolo que vou apresentar é muito fácil e delicioso. Pode ser decorado com fitas, enfeites de Natal ou simplesmente com fondant e nozes.
A receita é de uma amiga querida e todos os anos faço para minha família. Pode ser feito em pequenas formas para ser dado como lembrança dentro de uma linda caixinha.

Bolo de nozes Hermínia


2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar mascavo
1 xícara de nozes picadas
1 xícaras de uvas passas
5 ovos
1 ½ colher (sopa) de fermento químico em pó
1 xícara de óleo de canola ou girassol

Preparo:
Misturar todos os ingredientes e assar em forma em forma de anel (com buraco no meio) untada e enfarinhada em forno preaquecido à 180°C, até espetar com um palito e sair seco
Depois de frio, cobrir com fondant e enfeitar com nozes

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Alfajor

Olá, amigos!
Estive com minha família, em Buenos Aires a semana passada e além das comidas fabulosas que os argentinos tem, quis mostrar para vocês o ícone da doçaria portenha - O Alfajor.
É um tipo de bolacha recheada que pode ter os mais variados recheios com ou sem cobertura de chocolate branco, ao leite ou meio amargo.
Imagino que em saquinhos ou caixas decoradas pode ser um lindo presente de Natal!

Alfajor


150g de manteiga
150g de açúcar
2 ovos
100g de chocolate meio amargo
1 colher(chá) de essência de baunilha
4 colheres(sopa) de leite
300g de farinha de trigo
1 colher(chá) de fermento químico em pó

Recheio:
200g de chocolate ao leite
100g de creme de leite

Cobertura:
300g de chocolate meio amargo
50g de manteiga

Preparo:
1- Branquear a manteiga com o açúcar
2- Adicionar os ovos, um a um sempre batendo
3- Derreter as 100g do chocolate meio amargo em banho Maria ou no microondas
4- Incorporar o chocolate derretido, a baunilha, o leite à preparação de manteiga
5- Por último, adicionar a farinha e o fermento e misturar bem
6- Levar à geladeira por 1 hora
7- Abrir a massa em uma mesa enfarinhada e com um cortador ou a boca de um copo, cortar discos de aproximadamente 6 cm de diâmetros
8- Assar em assadeira untada por uns 8 minutos à 180°C, só até que sequem

Recheio:
1- Derreter o chocolate em banho Maria ou no microondas
2- Juntar o creme de leite e mexer bem
3- Colocar em um saco de confeitar e rechear os alfajores

*O recheio pode ser de doce de leite, creme de avelã e outros.

Cobertura:
Derreter o chocolate com a manteiga e banhar os alfajores

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Savarin com frutas

Oi gente, hoje quero mostrar uma receita francesa muito gostosa, bonita, e um pouco trabalhosa, mas vale à pena confirmar.
Este doce foi batizado assim, em homenagem à Jean Anthelme Brillat Savarin, criador de Filosofia do Paladar, 1895 e ainda hoje considerada uma das obras mais importantes da Gastronomia.

Savarin com frutas


Savarin:
250g de farinha
30g de fermento fresco
1 pitada de sal
3 colheres ( sopa) de açúcar
3 ovos
80 ml de leite
75 g de manteiga derretida

Calda:
200 ml de água
100g de açúcar
1 pedaço de canela
Zests de 1 laranja e de ½ limão
4 cravos-da-índia
1 fava de baunilha
1 ramo de hortelã

Frutas frescas variadas cortadas em cubos, geléia de damasco ou laranja

Preparo:

Savarin:
1- Peneire a farinha e junte o fermento, o sal e o açúcar. Misture os ovos e o leite aos poucos, até a massa ficar lisa. Acrescente a manteiga derretida e mexa bem. Deixe a massa dobrar de volume.
2- Coloque-a numa forma com o buraco no centro e asse-a a 170ºC por 40 minutos, até dourar.

Calda:
1- Ferva a água e o açúcar e acrescente as especiarias. Coloque as cascas do limão e da laranja e deixe em infusão por 15 minutos. Embeba o savarin com a calda e pincele-o com a geléia de damasco aquecida. Transfira-o para um prato.
2- Enfeite com creme de chantilly e frutas.

Postagens populares

Translate